Resenha – Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros

1433999294528.cached

Jurassic World: O mundo dos Dinossauros estreou com força total! Já na primeira semana, arrecadou mais de US$511,8 Milhões. Que o filme já é um sucesso, disso não temos dúvidas. Esse final de semana dei uma paradinha no cinema para conferir e dar a minha opinião para vocês.

Bom, não deve ser novidade para ninguém, que o filme desde antes da data de estréia, já havia dado muito o que falar. Muitos não ‘botaram fé’ no filme. Eu por outro lado fui assistir com uma expectativa muito positiva.

E tenho que contar uma coisa para vocês. Superou tudo que eu tinha imaginado. Quando se assiste ao trailer, temos a impressão de que o filme será desconexo. E confesso que fui esperando ter uma certa decepção, devido à alguns trechos do trailer. Mas, podem ficar tranquilos que eles explicam tudo.

Vamos à um resumo rápido para entendermos melhor os personagens.

Jurassic World, situado na ilha Nublar (sim, eles estão no mesmo lugar do primeiro), está enfim reaberto ao público, onde as pessoas podem interagir com os dinossauros e curtir apresentações com acrobacias e tudo mais. Destaque por favor para a Mosassauro, minha queridinha!!

Mosassauro. Linda né?!

Uma das responsáveis pelo parque, a executiva Claire Dearing (Bryce Dallas Howard), convida seus sobrinhos Zach (Nick Robinson) e Gray Mitchell (Ty Simpkins) para passar um tempo no parque. Gray é o mais novo e especialista em dinossauros enquanto seu irmão mais velho é um adolescente com muito amor pra dar.

1658177_889198581125026_2022554296462238043_o

Durante a estadia deles no parque, sua tia não consegue dar a atenção necessária aos sobrinhos, o que acaba sendo compreensível. Para conseguir novos contribuintes ao parque e inovar as atrações, os cientistas criam uma nova espécie de dinossauro, o Indominus Rex. Segundo Claire o parque necessita de uma nova atração, porque depois de 20 anos olhando para dinossauros (lembre-se que já se vão 20 anos desde o primeiro filme) as pessoas já os tratam como se fossem elefantes, não existe mais surpresa. Então, o que motiva e traz o público (para o parque ou para o cinema) é a criação de algo novo e com “mais dentes”.

2424_ab0220_comp_053785_1061r

Esse acaba se tornando o grande desafio do filme, já que o animal se mostra indomável e inteligente demais para ser mantido em cativeiro, tanto que ele escapa, e aí meu bem, o filme começa a ter alguma emoção. Claire se vê obrigada a chamar seu antigo affair Owen Grady (Chris Pratt, ou Star Lord se preferirem), para usar seus instintos de treinador de dinossauros e ajudar na captura do animal.

Owen-butts-heads-Jurassic-World-scientist-Claire-Bryce-Dallas1

O filme apresenta muita ação, é dinâmico e bastante divertido. Os dinossauros não deixam a desejar em nada. A realidade dos bichinhos é impressionante. Nas minhas andanças pela internet, percebi o receio de que os Dinos ficassem “falsos”, mas podem relaxar. Eles estão muito reais, e você vai acreditar nisso!! Alguns pontos que, como disse anteriormente eu achei que seriam incoerentes, ficaram completamente aceitáveis e muito bem explicados no filme, sanando todas as dúvidas.

Outro fato bastante comentado e que me chamou muito a atenção no filme, é como raios a Claire consegue correr de dinossauros com saltos? As meninas vão me entender melhor, nós sabemos como é difícil se manter em cima dessas invenções demoníacas, como assim ela corre neles o filme todo?

jurassic-world-sho_3344248b

Sim, ela passa todo o tempo com o mesmo sapato de salto, ela anda no meio da floresta com eles, ela dirige carros com eles, e pasmem ela corre de um T-Rex com eles. Eu vi muitas pessoas dizendo que esse simples fato torna a personagem a mais idiota do filme. Acho completamente compreensível, a personagem está preocupada com seus sobrinhos e numa perseguição danada, a última coisa que ela deveria pensar é em tirar os sapatos. A evolução dela durante o filme é impressionante, ela enfrenta todos os obstáculos literalmente sem descer do salto.

jurassic-world-claire-dearing

Vamos falar do Owen. Gente não posso dar spoilers, mas posso dizer que vocês vão adorar esse personagem, ele é simplesmente o mais engraçado e o mais atento entre todos. Destaque também para o seu dino de estimação, a Blue. Me apaixonei pelos Velociraptors e acho que vocês também vão se apaixonar.

jurassic-world-chris-pratt

A fotografia é excelente, a trilha sonora é perfeita. O terceiro ato do filme é de disparar o coração e lacrimejar os olhos, sendo a maior homenagem feita ao filme original dentro de Jurassic World, e um final simplesmente épico, além de, é claro, deixar uma pontinha (ou pontona) para uma sequência que certamente deve vir. Enfim, sou apenas elogios para o filme. Sem dúvida entrou para a lista dos filmes que eu verei novamente. Minha dica pra vocês é: Corram, mas corram muito se ainda não assistiram ao filme.

Sério, corre pra ver, vocês não vão se arrepender!

Já assistiram? Então me contem o que acharam!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s